As 6 letras mais intoxicantes de Bebe Rexha do novo álbum “Expectations”.

Batalhando contra seus monstros pessoais de ansiedade e depressão, Bebe Rexha revisita seus vícios em seu álbum de estreia, Expectations, lançado na sexta, (22).

Tem muito tempo vindo de Rexha para compilar seus pensamentos em seu próprio álbum. Depois de escrever The Monster originalmente para seu álbum de estreia ao invés de entregar para Eminem e ganhar vocais de Rihanna (“Eu tive a sensação de que Eminem se identificaria com a música e eu estava certa.”), ela está confiando em seus instintos fazendo uma tracklist maior que seus EPs.

As faixas eletro-pop de Rexha leva seus ouvintes para dentro das suas sessões de terapia, e as batidas house confortam os fãs tristes que se identificam com a jornada de Bebe. Aqui estão as 6 letras mais intoxicantes do Expectations de Bebe Rexha.

1. “Shining Star”

Cabeça de baixo da água, ninguém podia a salvar
Ela brincou com o inferno, segurou sua respiração, ela gosta da dor
Seu mundo estava desmoronando mas ela não fez nada
Ela se entorpeceu para que ela nunca sentisse nada
Mas ele se apaixonou pelos seus jeitos f*didos
Com seus dias bêbada, yeah, ele continuou lá
Yeah, ele se apaixonou por seus sonhos distorcidos
E no meio disso, ele ainda cantava

Ela troca os papéis com a narrativa clássica garota boa-garoto mal por uma garota com dias bêbados e sonhos distorcidos que parece desamparada. Ela está se afogando em um liquor amnésia que causa a dor que ela gosta, mas o cara que Bebe descreve não a abandona por conta de seus hábitos.

2. “Self Control”

Não tenho autocontrole
E não estou falando sobre cigarros e álcool
Porque quando se trata de você, não consigo dizer não
Não quero um gostinho, quero tudo

Rexha quer dizer que vícios não são só “cigarros e álcool”, mas também os sentimentos que ela tem sobre esse cara da música. Ela se compara a um animal na música por conta do jeito que perde o controle quando se trata de amor, que é comparado a drogas.

3. “Sad”

Você já sentou sozinho no silêncio?
Se afogando com seus pensamentos?
Tentando se agarrar em algo, mas só cai em espiral
Vozes ficando altas

Ela tweetou parte do primeiro verso no domingo, e sem contexto de sua faixa mais nova, é lida como um pensamento tarde da noite socializado para procurar entendimento das pessoas de fora. Amor não é a única força emocional capaz de fazer Rexha entrar em um conceito espiral: Tristeza carrega tanto poder, mas o refrão fala para um pedaço de esperança que a cantora se sente confortável estando triste. A sequência de 5 batidas eletrônicas tocando contra os versos confirma para os ouvintes que ela não precisa chorar por ajuda.

4. “Mine”

Olhe para você, olhando pra cima de joelhos
Trilhando nas águas sagradas
Esperando para que o ‘alto’ fique mais forte
Yeah, yeah, eu vou deixar você implorando, implorando, ooh
Sou seu fetiche, ooh
Venha e pegue, ooh

A nona faixa do Expectations expulsa o gênero eletro-pop para uma produção trap-pop. Rexha conta a história de um homem apaixonado por ela, ele está desesperado por seu amor. Ela se denomina seu fetiche. Ela consistentemente fixou na ideia que ela está intoxicada com suas próprias emoções — amor, tristeza — mas finalmente ela está tomando as rédeas de quem sente mais, em um jeito similar que ela está tomando as rédeas como artista principal.

5. “Steady” feat. Tory Lanez

Bebendo o amor que eles derramaram no copo porque isso alivia a dor
E ele nunca irá mudar, ela nunca irá mudar
Respirando essa esperança que eles acham na fumaça porque alivia a dor

Rexha agrada os ouvintes com outra música trap-pop, mas os tons escuros contradizem a melodia upbeat “Sad” carrega ironicamente. O amor que ela canta com Tory Lanez cantam sobre o uso de drogas e álcool. Diferente de ‘Shining Star’ onde ela gostava da dor, Rexha abusa dos vícios para aliviar o desconforto em um jeito muito remanescente que “I Can’t Stop Drinking About You” discute sobre beber.

6. “Pillow”

Preciso de um minuto para respirar você
Apenas um segundo para provar sua pele
Eu só tenho que, só tenho que
Sentir você aqui do meu lado

O delicado piano pinta uma estranha imagem de Rexha deitada na cama sem seu amor enquanto abraça um travesseiro, o sentimento desolador de sua ausência enquanto a cumprimenta de manhã. Ela implora “Preciso de um minuto para respirar você”, uma imagem que também pode ser afiliada com inalar uma droga que produz um sentimento eufórico que ela está querendo mas não está satisfeita. É uma obsessão formulada com uma petição (“Eu tenho”) por sua presença sinalizando que ela não vai parar de pedir por ele até que sua sede seja saciada.

Deixe uma resposta