Análise EMAs – Performance de “I Got You” de 2016 e performance de “I’m A Mess” em 2018

É natural que, com o tempo, os artistas melhorem a presença de palco, mas precisamos falar sobre a performance de Bebe Rexha no EMAs no último domingo (4).

A primeira vez que Bebe se apresentou na premiação foi em 2016, quando ela também foi apresentadora. O single do momento era “I Got You”, e a performance foi muito bem comentada pela crítica. O look escolhido para a performance foi básico e a ideia foi interessante, com o sentido da música representado pela letra U como se fosse um “monstro”.

Relembre:

 

Esse ano, Bebe não foi apresentadora da premiação, mas deixou sua presença marcada novamente com uma performance icônica do hit “I’m A Mess”. O investimento na divulgação do novo single está visivelmente maior do que Bebe no início de sua nova era – vamos imaginar a nova era a partir do momento em que Bebe pintou o cabelo de loiro e mudou seu estilo musical.

Além do figurino, mais de 100 dançarinos participaram com uma coreografia ainda mais bem elaborada do que a do próprio clipe oficial da música. Bebe Rexha já havia apresentado a música em outros programas de TV e premiações com dançarinos, mas nenhuma havia sido tão comentada quanto a atual está sendo.

Para se ter uma ideia da dimensão, muitas pessoas estão comparando a performance com Lady Gaga no início da carreira, o que é interessante, já que esse não é o estilo do álbum Expectations em si, mas da música.

Bebe conseguiu trazer uma identidade própria para a música, a desligando do contexto do álbum, mas sem prejudicar as outras músicas.  “I’m A Mess” está sendo utilizada como ímã para atrair a atenção das pessoas que, até então, achavam que Bebe era só “mais uma” cantora pop.

Assista a performance do EMAs:


Vamos continuar apoiando a música e dando muitas visualizações para as performances! Quem sabe assim também teremos apresentações temáticas icônicas nos próximos singles do álbum.

Deixe uma resposta